VIVENDO E

COMPARTILHANDO O

EVANGELHO

...
Reunião conjunta de bispos católicos romanos e da Igreja da Inglaterra

Bispos da Igreja da Inglaterra e da Igreja Católica Romana na Inglaterra e no País de Gales participaram de cultos compartilhados, orações, conversas e uma peregrinação ao santuário de São Juliano, num encontro de dois dias em Norwich.
Mais de 40 bispos se reuniram para a reunião conjunta realizada nas catedrais católica romana e anglicana da cidade.
Os Arcebispos de Canterbury e York, o Cardeal Nichols e os Arcebispos de Birmingham,
Liverpool e Southwark estavam entre os presentes.
O encontro começou com orações na Catedral Católica de São João Batista em Norwich,
lideradas pelo Arcebispo de Birmingham, antes de uma peregrinação ao Santuário de
São Juliano em Norwich.
Padre Richard Stanton, Padre Diretor do Santuário e Pároco de São João Batista Timberhill,
em Norwich, disse aos bispos que 4.000 peregrinos visitam todos os anos de todo o mundo.
Ele falou do “testemunho orante diário” na igreja através da oração matinal e
noturna e da celebração da Eucaristia. Ele acrescentou que “multidões silenciosas”
vêm à igreja todos os dias para orar e buscar a Deus em quietude e silêncio.
Ele disse: “Muitas vezes acho que a coisa mais importante que faço é abrir as portas
e permitir que as pessoas entrem”.
Os bispos participaram de uma caminhada do Santuário até a Catedral Anglicana.
Eles também participaram da Oração da Manhã, do Coral Evensong (foto acima, crédito
da foto de Bill Smith) e de um serviço religioso eucarístico, presidido pelo
Arcebispo de Canterbury, na Catedral Anglicana da cidade.
As discussões incluíram a jornada sinodal na Igreja Católica, a coroação e uma
sessão sobre São John Henry Newman com o Rev. Professor Roderick Strange, Reitor,
Mater Ecclesiae, St Mary's University London.
O Bispo de Norwich, que acolheu o encontro, disse: “Foi maravilhoso rezar e
peregrinar com tantos bispos católicos romanos com quem temos grandes laços de
afeto e amizade.
“Através da oração conjunta, do aprendizado e da reflexão, minha esperança é que o
Espírito Santo nos inspire e nos guie para uma maior unidade.
“Norwich tem uma longa tradição de hospitalidade e foi muito emocionante para nós
visitar o santuário de St Julian, um lugar que recebe todos os anos milhares de
peregrinos cristãos de todo o mundo.
“Como disse o Papa Francisco, Madre Juliana fala-nos através dos séculos e é
cada vez mais reconhecida e celebrada pelo seu significado na tradição cristã”.
Do site: https://www.churchofengland.org/media/press-releases/roman-catholic-and-church-england-bishops-joint-meeting


...
Comunicado Oficial

Este é um comunicado oficial proveniente da liderança nacional da IATB
"Não toqueis nos meus ungidos. (Sl 105:15)"
A Igreja tomou conhecimento de perseguições sofridas nas redes sociais de nossos clérigos. Informamos que toda a equipe liderada pelo Revmo. Bispo Dom Cristiano Alves conta com a maior confiança da cúpula da Igreja que o conhece desde muito tempo tendo recebido nesta igreja os graus de diácono e presbítero.
Dom Cristiano Alves foi ordenado aos três graus em legítima sucessão apostólica e tem realizado um excelente trabalho em pról do Reino de Deus.
A igreja não hesitará em tomar as medidas cabíveis caso venha a identificar os responsávais por tais agressões. Quem persegue a Igreja de Cristo é o Diabo.
Dom Rui Costa
Primaz da Igreja.


...
Diocese Anglo Católica Cristo Bom Pastor

Nos dias 18 a 21 de janeiro de 2024, a Diocese Anglo Católica Cristo Bom Pastor recebeu a visita do Bispo Primaz da Igreja, Dom Rui.

Veja mais neste link

...
Comunicado 001 de 17/08/2023

Comunicamos a todo o clero da Igreja, particularmente ao Clero do Estado do Pará (Região Metropolitana de Belém e Interiores) que o senhor Anderson Costa Vieira não pertence e jamais pertenceu ao quadro de clérigos da Igreja Anglicana Tradicional do Brasil.

Esta comunicação deve-se ao fato da publicação pela Internet do jornal O Liberal, de Belém (visto em https://www.oliberal.com/belem/suposto-padre-e-denunciado-mais-uma-vez-por-pedir-dinheiro-em-velorio-e-enterro-na-grande-belem-1.715374 no dia 17/08/2023 às 16h42min), a qual informa que tal pessoa apresenta-se em velórios solicitando valores para realização de orações.

Consta na reportagem que tal pessoa se apresenta como membro da Igreja Católica Anglicana do Brasil (ICA), que não se confunde com a Igreja Anglicana Tradicional do Brasil.

Os únicos padres da Igreja Anglicana do Brasil na Região da Amazônia são:

PADRE FRANCIEL WILLE R DE SOUZA DA SILVA PADRE FABIANO DE OLIVEIRA RIBEIRO PADRE MARTIMIANO BALIEIRO DA CRUZ FILHO (PADRE MARTY) MINISTRO LAEL SOARES SALES


...
Fraternidades de Oblatos

• Oblatos Beneditino Secular é o fiel (leigo, consagrado ou sacerdote) que, chamado por Deus, e em conformidade com seu estado de vida, associa-se a uma comunidade monástica beneditina, a fim de viver coerentemente a sua consagração batismal, em comunhão com a Igreja, no espírito da Regra de São Bento. A oblação constitui, pois, um “caminho de perfeição” oferecido aos que se sentem atraídos pelo espírito da vida monástica, tal como a concebeu e organizou São Bento.
• O objetivo dos oblatos é viver o espírito da Santa Regra, praticando na medida das situações pessoais e de acordo com as circunstâncias em que a Divina Providência os coloca, as virtudes monásticas, recitando Laudes, Vésperas e Completas. Sua vida espiritual é alimentada pela Lectio Divina diária e pela Eucaristia.
• Para chegar à almejada oblação passam por um período de formação, que compreende os seguintes estágios: Postulado e Noviciado.
• Na Abadia, as reuniões são mensais, sempre no último domingo do mês. Durante as reuniões, além dos períodos de formação, todos tem a oportunidade de se encontrarem e fortalecer os laços fraternos. Atualmente, o grupo de Oblatos conta com duas Fraternidades(com noviços o postulantes).
• Aqueles que desejarem conhecer mais o grupo de Oblatos podem entrar em contato através do e-mail abaixo:
• mongesanglicanos@gmail.com

• FRATERNIDADE NOSSA SENHORA APARECIDA
• Irmão Ales Sandro Ferreira Souza
• Irmã Suzerly Vieira da Silva
• Irmã Maria do Socorro Vieira de Souza

• FRATERNIDADE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
• Irmã Valdenuse Faustino da Silva
• Irmã Valdenice Faustino da Silva
• Irmão Iraildo Gomes da Silva
• Avenida Ruber Van Der Liden, 290/Heliópolis/Garanhuns/PE


...
Seja bem vindo(a)!

Esperamos que você possa auferir muitos conhecimentos sobre a nossa Jurisdição Eclesiástica, a Igreja Anglicana Tradicional do Brasil (The Tradicional Anglican Church of Brazil).
Preliminarmente é importante divulgar aos(às) nossos(as) visitantes de que nossa Entidade Mantenedora, a Mitra Provincial Anglicana Tradicional do Brasil, está regularmente registrada como Pessoa Jurídica segundo as Leis Brasileiras e nossa Jurisdição canônica também está registrada na Secretaria da Receita Federal do Brasil, com reconhecimento civil por parte do Estado brasileiro.
Tal informação é importante para deixar nossos(as) visitantes cientes de que a Jurisdição Anglicana Tradicional do Brasil, uma instituição cristã, católica, apostólica e reformada, possui seriedade e está ciente dos seus direitos e deveres expressos na Constituição da República Federativa do Brasil e nas leis comuns afetas às Instituições de caráter eclesiástico no País. Assim sendo, com a mercê de Deus, apresentamos uma tradição histórica da Fé Cristã e convidamos você para que entre em cada página de nosso website para que verifique nosso ethos, isto é, nossa essência cristã.
A nossa Igreja está dentro da autêntica eclesiologia anglo-tradicional, sem as inovações havidas a partir do último quadrante do século passado no anglicanismo estabelecido em união à Sé de Canterbury, Inglaterra, que são relacionadas ao liberalismo, ao modernismo, ao relativismo teológico e ao secularismo.
Esperamos que você possa apreender mais sobre nossa Jurisdição, e temos a convicção de que você descobrirá que verdadeiramente incorporamos toda a riqueza litúrgica e a História do cristianismo inglês mesclada com a Beleza do cristianismo latino.


...
Mensagem

Paz á todos.
A fé vem pelo ouvir e obedecer a DEUS, e também aos seus ensinamentos (2Tm 16).
Conhecer á voz de Deus é muito importante para edificação da vida cristã, porque no mundo em que vivemos existem muitas vozes, e elas não vão parar de gritar só porque você quer escutar á Deus.
Por isso é essencial você estar em Deus e não somente pensar em Deus. A diferença destes dois verbos pode nos colocar na presença do Altíssimo para sermos seus servos, ou senhores de nossas próprias vontades.
Ao escolhermos estar em Deus, Ele permanece em nós. Assim está escrito: "Venha o teu Reino SEJA feita á TUA VONTADE, assim na terra como no céu. (MT 6:10).
Dito isso ouça e obedeça á DEUS.
Deus abençoe.
Pe.Frei Roberto C.


...
Benedicite!

Feliz pelo grupo e pelo projeto. Estamos abertos a construção de um caminho institucional baseado nos princípios basilares do Reino de Deus, no aqui e agora. Contamos com um grupo de pessoas que amam a Deus na liberdade de ser e viver, que se colocam inteiramente como servos que acreditam que o anúncio e os sinais do Reino estão a serviço da libertação de cada ser humano, especialmente dos marginalizados de todo tipo. Aproximemos de Jesus com a mente e o coração receptivos, procurando acolhê-lo tal como ele se manifestou e aceitando sua proposta tal como foi apresentada e vivida por ele. Sejam bem vindos a esse "povo do caminho", que simplesmente deseja viver a vocação de servidor, assumida com toda a radicalidade. Viver Jesus significa tê-lo como centro de nossas vidas, torná-lo experiência e construir bases de abertura, receptividade e acolhimento. O Reino de Deus é a resposta gratuita e admirável, para além de qualquer expectativa, dada por Deus à nossa situação de alienação e ao nosso desejo de uma verdadeira libertação . Que Deus nos abençoe. Com amor,
Frei José da Santa Cruz..

...
Páscoa!

Abadia Beneditina da Imaculada Conceição

Caríssimos irmãos,

Benedicite!

O ponto culminante da Semana Santa é o chamado Tríduo Pascal. Na quinta-feira Santa, celebramos a Missa da Ceia do Senhor e do Lava-pés, recordando-nos a instituição da Eucaristia e do Sacerdócio Ministerial. Na sexta-feira Santa, vivenciamos, com grande piedade e devoção à Paixão e Morte do Senhor. É o momento em que a igreja recorda o que Jesus, nosso Salvador, sofreu: a agonia, a crucificação, o açoite, a dor e a morte de cruz. Por fim, no Sábado Santo, a mais solene de todas as Celebrações, a chamada Vigília Pascal, a Igreja entoa seu hino de louvor e alegria ao Cristo que venceu a morte, e que ressuscitado nos chama a tomar parte em sua Vida Nova. Entre os ritos celebrados, tem-se a bênção do fogo novo e que representa a própria luz de Cristo que dissipa das trevas, do erro, do pecado e da maldade.
Vinde, Espírito Santo, dom pascal do Senhor Ressuscitado, enchei a Igreja com a vossa força de vida! Amor infinito do Pai e do Filho, visitai a nossa Igreja Diocesana. Dai-nos crer e anunciar a alegre notícia de que Deus nos ama! Vós que fazeis do pão o Corpo do Senhor e do vinho o seu Sangue derramado, reavivai em nós a memória de seus mistérios e transformai-nos em oferta eucarística, para a glória do Pai e a vida do mundo.
Renovai a face da terra, desfigurada por tão grandes males, e sustentai com vossos dons, até ao pleno cumprimento, os projetos de bem da família humana. Amém!

Infinita Beneficia!

Abbas Dom José da Santa Cruz.
Abril do Ano do Senhor de 2023.


...
Departamento Vocação e Ministérios

Toda a Pastoral Vocacional da Igreja, nasce da experiência do encontro com Jesus e da vida vivida com Jesus. A Animação Vocacional em uma Diocese, é o coroamento de todo o trabalho missionário e evangelizador desta mesma Igreja.
As vocações laicais, religiosas, diaconais e presbiterais, são o rosto da vida espiritual, missionária e evangélica de uma comunidade local, de uma paróquia e de uma diocese.
São o espelho do trabalho evangelizador e pastoral de toda uma comunidade. “Igreja sem vocações é como a figueira do evangelho que não tinha frutos”…
A Pastoral Vocacional segue os passos e a metodologia de Jesus: Ele chama os seus Apóstolos e os seus discípulos. Eles escutam a sua voz e O seguem. “Vinde após mim… quem quiser me seguir tome a sua cruz e me siga… eles foram até Ele e ficaram com Ele (Mt. 16,24).
Portanto, CHAMAR, anunciar, propor, testemunhar é o primeiro trabalho da animação vocacional. Depois Jesus forma os seus Apóstolos e Discípulos. Vive com eles, os ensina, faz sinais e milagres para que eles creiam, faz perguntas a eles para sentir se estão compreendendo o que Ele propõe e ensina.
Assim a Pastoral Vocacional acompanha os chamados e convidados.
Depois Jesus propõe aos Apóstolos e Discípulos que “fiquem com Ele”. E vai escolhendo e propondo formas diversas de vida. Ficar com Jesus é assumir o seu Projeto de Vida: “Fazer a vontade do Pai” (Jo. 6, 38).
É pensar, agir, assumir, decidir à luz da Palavra de Deus. “A quem iremos, Senhor, só Tu tens palavras de vida eterna” (Jo. 6,68), diz Pedro falando em nome dos doze.
Assim a Pastoral Vocacional vai ajudando os candidatos(as) a discernir o caminho e a forma de vida com Jesus.
Finalmente, Jesus, no dia da Ascensão envia: “Ide por todo o mundo e evangelizai todas as gentes” ((Mc 16, 15). Então é tempo de a Pastoral Vocacional encaminhar para os centros e casas de formação, aqueles que, chamados por Jesus, decidem assumir em sua vida pessoal a diversas formas de consagração batismal.
Vocação é pois chamado de Deus e resposta Humana (“Vem e segue-me” Mt. 19,21).
Portanto, todos têm sua resposta pessoal a dar a Deus Nosso Senhor, que chama de tantas e diversas formas. Cada um de nós tem sua vocação pessoal, da qual deverá prestar contas a Deus. E todos nós vamos rezar de forma mais consciente e mais insistente para que não faltem as Vocações de especial consagração na Igreja e para que batizados e batizadas sejam colaboradores do Plano de Deus: “para que todos tenham vida e vida em abundância” (Jo. 10, 10).
Rezemos todos os dias: “Enviai Senhor, operários para a vossa messe, pois a messe é grande e os operários são poucos”.
Atendimento vocacional: Envie email para Dom José da Santa Cruz (jsmcl8@gmail.com)


...
Benedicite!

Desde 2021 implantamos o projeto “Fraternal Associates”.
Se você estiver interessado em cultivar uma vida espiritual consciente, organizada e madura, considere se tornar um “Irmão Associado” juntamente conosco. Ao associado cabe a missão de se comprometer a ancorar sua vida diária nos valores básicos da espiritualidade beneditina: Comunidade, Hospitalidade, Humildade, Equilíbrio e Atenção Plena no cotidiano de suas vidas. Busca, individual e coletivamente, viver os princípios evangelísticos por meio do permanente estímulo ao íntimo encontro libertador com Deus, disponível a todos, pois, no encontro com a própria essência divina e ao ser por ela abraçado e conduzido, é possível obter a liberdade dos grilhões das ilusões opressoras que conduzem a um caminho momentaneamente gratificante, mas que distância do verdadeiro centro, do ser criador. Esta modalidade de pertença não constitui tornar-se Monge ou Oblato, mas um membro que efetivamente compartilha da nossa espiritualidade, tendo como eixo basilar suas próprias experiências, abertas ao diálogo verdadeiramente ecumênico e inter-religioso.
Acreditamos que o sentido da nossa existência está exatamente nesse jeito único, pessoal e irrepetível de dar uma resposta para as perguntas, dúvidas e exigências do cotidiano. E para que ela possa sempre ser consciente, consistente, vibrante, requer um encontro contínuo consigo mesmo. Um fortalecimento que está escondido no mais profundo do nosso ser E é ali, no encontro consigo mesmo, que cada um deve buscar refúgio,a paz, dando uma resposta altamente pessoal para cada exigência da sua existência. Quando nos permitimos trilhar ao encontro das palavras não ditas do amor divino, quando nos entregamos plenamente ao Deus que habita nas profundezas de nosso ser, passamos a ser um com Ele, não havendo mais nenhuma distinção entre nosso eu e o eu divino.
Vamos construir juntos uma cultura baseada no encontro, esforçando-nos para anular as dualidades que provocam sofrimentos irreparáveis em nosso ser. Nada está definido, concluído, elaborado. A vida exige de nós uma nova postura, novos olhares, um jeito de ser adequado e criativo.
Esperamos crescer com esta experiência, abrindo a clausura dos nossos corações para interagir com o todo, que também está inteiro em nós.
Graças te damos, Senhor, por todas as coisas que fluem continuamente para nós e através de nós.
Com amor,
Dom José da Santa Cruz
Abade Geral.
jsmcl8@gmail.com


Since 2021, we are implementing the "Fraternal Associates" project .
If you are interested in cultivating a conscious, organized and mature spiritual life, consider becoming an "Fraternal Associated" with us. The member has the mission of committing himself to anchoring his daily life in the basic values of Benedictine spirituality: Community, Hospitality, Humility, Balance and Full Attention in the daily life. It seeks, individually and collectively, to live the evangelistic principles through the permanent stimulus to the intimate liberating encounter with God, available to all, because, in the encounter with the divine essence itself and by being embraced and led by it, it is possible to obtain the freedom of fetters of oppressive illusions that lead to a momentary gratifying path, but that distance from the true center, from the creative being. This type of belonging does not constitute becoming a Monk or Oblate, but a member who effectively shares our spirituality, having as its foundation the basis of his own experiences, open to truly ecumenical and interreligious dialogue.
We believe that the meaning of our existence is exactly in this unique, personal and unrepeatable way of giving an answer to the questions, doubts and demands of everyday life. And so that she can always be conscious, consistent, vibrant, requires an ongoing encounter with herself. A strengthening that is hidden in the deepest part of our being And it is there, in the encounter with oneself, that each one must seek refuge, peace, giving a highly personal response to each requirement of his existence. When we allow ourselves to walk towards the unspoken words of divine love, when we surrender ourselves fully to the God who dwells in the depths of our being, we become one with Him, with no more distinction between ourself and the divine.
Let us build together a culture based on encounter, striving to nullify the dualities that cause irreparable suffering in our being. Nothing is defined, concluded, elaborated. Life demands from us a new posture, new looks, a way of being adequate and creative.
We hope to grow with this experience, opening the enclosure of our hearts to interact with the whole, which is also whole in us.
Thank you, Lord, for all the things that flow continually towards us and through us.
With love,
Yours,
Dom José da Santa Cruz
Abbot General
jsmcl8@gmail.com